A maioria das pessoas dá mais atenção ao modelo e a cor do que ao material da armação, mas é importante conhecer os equipamentos de fabricação para escolher aquele que melhor atenda às suas necessidades. Além disso, a escolha do material garante a durabilidade do produto. Por isso, trouxemos os materiais mais comuns e suas especificações para te ajudar nessa escolha!

Acetato

O acetato de celulose é um tipo de plástico que, ao ser aquecido, tem uma ótima capacidade de maleabilidade e amolecimento, podendo ser adaptado e transformado de forma mais fácil que outros materiais.

As armações de acetato são as mais utilizadas pois apresentam grande resistência a queda, riscos, arranhões, água e produtos químicos. Elas também apresentam certa flexibilidade e são as mais indicadas para lentes mais grossas, pois as protegem melhor.

Imagem meramente ilustrativa.

A grande vantagem é o conforto que esse material proporciona. Como não tem ponteiras nas hastes e nem plaquetas na região nasal, ele se ajusta bem ao rosto e proporciona maior conforto. 

O acetato é antialérgico e não causa nenhum problema ao entrar em contato com a pele. Além disso, ele permite uma grande variedade de cores e modelos.

Metal

As armações em metal são leves e facilmente ajustáveis à mão na hora da compra. As plaquetas se ajustam para que ela se encaixe bem na base nasal e, além disso, as ponteiras podem ser diminuídas, evitando que a peça fique muito curvada atrás da orelha.

Em geral, as armações metálicas são feitas de titânio, mas é preciso sempre verificar a composição da liga metálica, pois esta pode conter níquel, material não indicado para quem é alérgico à substância. Estas armações também podem corroer e oxidar com o tempo de uso, então fique atento e procure por marcas de confiança.

Imagem meramente ilustrativa.

Por serem mais finas, essas armações não são indicadas para o uso de lentes mais espessas, pois não garantem a proteção e durabilidade da lente.

Titanium

As armações de titânio ganharam o mercado por sua leveza e grande resistência a impactos. Além disso, o material não sofre com a erosão ocasionada por sal, ácidos, água e umidade, que deterioram alguns materiais com o passar do tempo de uso.

Imagem meramente ilustrativa.

O material é hipoalergênico e tem uma variação de cores mais ampla do que o metal. Mas, assim como este material, as armações de titânio também não são indicadas para quem tem alto grau e necessita de lentes mais espessas.

Alumínio

O alumínio possibilita uma armação forte e leve, mais até que o titânio. Porém, ele tem pouca capacidade de ajuste e flexibilidade, o que pode causar desconforto ao longo do tempo. 

Imagem meramente ilustrativa.

É antialérgico: mantém o nível zero de níquel presente em sua composição e também não deve ser utilizado para lentes mais espessas.

Aço Inoxidável

O aço inoxidável é leve, resistente aos impactos e quedas e, além disso, tem alta flexibilidade, durabilidade e é também resistente à corrosão.  

Imagem meramente ilustrativa.

As armações produzidas com ele são fáceis de ajustar e têm como grande vantagem o seu custo-benefício, possibilitando que as peças sejam bem mais baratas que as de outros componentes.

Madeira

As armações em madeira são uma novidade no mercado de óculos e trazem a ideia da sustentabilidade para as armações. 

Estes modelos são conhecidos pela leveza extrema, mas podem apresentar problemas de ajuste ao rosto, além de ainda serem mais caros.

Imagem meramente ilustrativa.

Se optar por um óculos de madeira, certifique-se de que a empresa possui as especificações dentro da legislação e do IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Injetados

A característica mais marcante desses materiais é a sua maleabilidade, que permite que as armações tenham os mais variados designs. Estes materiais não são de qualidade inferior, como muitos acreditam, mas possuem bom custo-benefício, maleabilidade e resistência.

Imagem meramente ilustrativa.

Policarbonato

Geralmente utilizado em armações de segurança industrial e EPIs, além de óculos para prática de esportes radicais, pois são extremamente resistentes.

Imagem meramente ilustrativa.

Grilamid

Oferece boa relação entre rigidez e tenacidade e é indicado para óculos de sol de estilo esportivo por ser muito resistente a choques e quedas. Ele também oferece uma grande possibilidade de decoração com inserções de metal.

Imagem meramente ilustrativa.

Optyl

Apresenta brilho durável, bom acabamento e bastante resistência ao calor. É mais leve do que o acetato e sua grande qualidade é que o material permite uma enorme variação de cores e texturas, além de ser antialérgico.

Imagem meramente ilustrativa.

Fibra de Carbono

Apesar de ser um material muito leve, uma vez que ele sofre alguma deformação, dificilmente pode ser reajustado para sua forma original. Por isso, perdeu a popularidade no mercado e atualmente é mais comum ser utilizado somente nas hastes da armação.

Imagem meramente ilustrativa.

Nylon

Leve, hipoalergênico e inquebrável, oferecendo baixo risco de acidentes. Muito utilizado para óculos infantis.

Imagem meramente ilustrativa.

Com essa lista fica muito mais fácil saber os prós e contras de cada material, né? Em todo caso, evite comprar armações muito baratas como aquelas vendidas em lojas de camelô e sites não confiáveis, pois terá consequências a longo prazo, como fragilidade, chanfro irregular (encaixe das lentes), possíveis alergias e baixa durabilidade.

Encontre os melhores óculos para você no Instituto dos Óculos! Nós contamos com uma ampla variedade de armações e lentes para proporcionar maior conforto e durabilidade preservando a saúde dos seus olhos a preços reduzidos.

Entre em contato pela nossa Central de Atendimento, nossos consultores especializados irão te auxiliar na melhor escolha.

×