Desde o seu crescente número de casos na China, o Coronavírus tem chamado a atenção do mundo inteiro. São diversos portais e jornais comunicando não apenas o número de casos, mas novidades sobre o vírus e seu desenvolvimento. Como não poderia ser diferente, alguns portais estão se aproveitando do pânico e da incerteza da população para divulgar informações falsas. Dessa forma, temos que tomar muito cuidado com o que lemos na internet sobre o COVID-19.

Por conta disso, nós do Instituto dos Óculos resolvemos fazer uma pesquisa e trazer para você algumas notícias verdadeiras sobre o Coronavírus. Além disso, também levantamos mitos que têm circulado a internet, para que dá próxima vez que os ouvir por aí, você evite que outras pessoas acreditem.

Com base nas informações disponibilizadas pela Dasa, maior empresa de medicina diagnóstica da América Latina, confira agora as 08 principais verdades e mitos sobre o Coronavírus!

1. Quem não faz parte do grupo de risco não pega o vírus

Mito! Por mais que os grupos de risco sejam pessoas com mais de 80 anos, os mais jovens não estão imunes. Os sintomas apresentados podem ser mais leves, mas já existem números significativos de internações de pessoas entre 20 e 50 anos.

2. Febre é um dos sintomas do COVID-19

Verdade! A febre se encontra entre os sintomas mais comuns do COVID-19, com: coriza, tosse seca e a falta de ar. Além disso, algumas pessoas também podem sentir: cansaço, dor de garganta, vômito, dor de cabeça, náusea e diarreia. Só fique atento que alguns desses sintomas também se apresentam em casos de gripe comum.

O vírus surgiu com a sopa de morcego

Mito! Ainda estão sendo realizados estudos para determinar como o novo Coronavírus foi transmitido ao ser humano. O que se sabe até o momento, é que o vírus é comum no trato respiratório de morcegos. Especialistas estão realizando pesquisas para entender quem poderia ter sido o intermediário que permitiu ao vírus sofrer mutações e infectar pessoas.

Meu pet pode me transmitir o Coronavírus

Mito! Muitas pessoas ao redor do mundo estão abandonando ou sacrificando seus animais de estimação com medo que eles possam transmitir o Coronavírus. A família do vírus não se limita ao COVID-19 e pode sim impactar outros animais além do ser humano. Porém, até o momento deste artigo, não existem casos comprovados de cães e gatos que tenham infectado seus donos.

A principal forma de transmissão do vírus são as pessoas

Verdade! Qualquer pessoa que carregue o vírus, mesmo sem ainda ter apresentado os sintomas, pode transmiti-lo. Seja espirrando ou conversando com outros seres humanos, essa pessoa pode expelir pequenas gotículas que contaminam superfícies e objetos.

Devo evitar tocar meu rosto durante esse período

Verdade! Principalmente se você precisar sair de casa durante esse isolamento social, evite levar a sua mão aos olhos, nariz ou boca. Lave bem as mãos com água e sabão caso precise tocar. Evite ao máximo coçar os olhos durante esse período também.

O álcool em gel é a única solução contra o COVID-19

Mito! Por conta dessa informação, diversos mercados e farmácias já esgotaram seus estoques de álcool em gel. O uso desse produto só é recomendado pelos especialistas em casos que você não consiga lavar suas mãos após contato com objetos ou superfícies fora de casa. Ele possui importante papel na higienização, mas não é a única solução. É sempre preferível lavar as mãos com água e sabão.

A máscara facial deve ser usada por todos

Verdade! As máscaras eram recomendadas somente para pessoas com sintomas e profissionais da saúde. Agora, o Ministério da Saúde está fazendo ressalvas, mas diz que elas podem ser usadas por toda a população a fim de evitar o contágio.

Como o Instituto dos Óculos lida com o Coronavírus

Nós no Instituto dos Óculos levamos a saúde dos nossos colaboradores e clientes muito a sério. Por isso estamos tomando todos os cuidados necessários em nossas unidades de atendimento.

Esperamos que você tenha conseguido esclarecer algumas informações sobre o Coronavírus e esteja tomando todas as medidas para garantir a sua segurança.

Saiba mais sobre como cuidar da saúde dos seus olhos aqui!

×